• Home
  • Notícias
  • Finalmente! Apple supera Samsung em vendas de smartphones em 2023
Finalmente! Apple supera Samsung em vendas de smartphones em 2023
Miguel Valente

Finalmente! Apple supera Samsung em vendas de smartphones em 2023

De acordo com dados preliminares da International Data Corporation (IDC), em 2023, a Apple ultrapassou a Samsung como a principal fabricante global de smartphones. A IDC baseia suas análises no share de mercado das expedições globais de smartphones ao longo do ano e, segundo o relatório, a Apple conquistou uma participação de mercado de 20,1% em 2023, enquanto que a Samsung ficou com 19,4%.

Se os dados preliminares se vierem a confirmar, trata-se da primeira vez - em 10 anos - que a Samsung perde a posição de destaque para outra empresa. Em 2013, a Samsung estava em segundo, na sombra da Nokia, e a Apple nem sequer figurava entre as cinco primeiras.

Linha de cores do iPhone 15.
Apple

A Apple foi também a única empresa no top três a alcançar crescimento positivo comparativamente com o ano anterior, aumentando as expedições de 226,3 milhões de unidades para 234,6 milhões de unidades. O top 5 foi o seguinte:

  1. Apple, com 234.6 milhões de unidades;
  2. Samsung, com 226.6 milhões de unidades;
  3. Xiaomi, com 145.9 milhões de unidades;
  4. Oppo, com 103.1 milhões de unidades;
  5. Transsion, com 94.9 milhões de unidades.

Nabila Popal, diretora de pesquisa da equipa Worldwide Tracker da IDC, afirmou:

Embora tenhamos visto um forte crescimento de players de Android de baixo custo, como a Transsion e a Xiaomi, na segunda metade de 2023, proveniente do rápido crescimento em mercados emergentes, a grande vencedora é claramente a Apple.

A queda de posição da Samsung poderá dever-se, por um lado, ao sucesso de vendas do iPhone 14 e, no final do ano, do iPhone 15, e, por outro, à crescente diversificação no mercado Android (além do ressurgimento da Huawei na China, por exemplo).

No cômputo geral, o mercado de smartphones registou uma queda de 3,2%, para 1,17 bilhão de unidades expedidas ao longo do ano passado, em consequência dos desafios macroeconómicos e dos stocks elevados no início do ano. No entanto, um surto de crescimento no final de 2023 sugere uma possível recuperação em 2024, com os dispositivos dobráveis e o aumento do interesse em recursos de Inteligência Artificial.

Fica a par de todas as novidades da Apple aqui no iFeed:

Miguel Valente profile image Miguel Valente
Publicado a
Notícias