A Apple oficializou no início da semana o Apple Watch Series 6, porém, também foi apresentado o Apple Watch SE, uma versão mais modesta que abre mão de alguns recursos em prol de entregar um preço mais acessível.

Para começar, o Watch SE acabou por surpreender muitos utilizadores, pois ele estava a ser cogitado como uma atualização para o Watch Series 3 que, curiosamente, continua a ser oferecido pela Maçã por 229 €, como a opção de entrada da série.

Apple Watch SE deitou fora vários recursos para alcançar preço mais acessível
Apple Watch SE deitou fora vários recursos para alcançar um preço mais acessível

O Watch SE, por outro lado, partilha o mesmo design do Series 6 e até traz alguns dos seus recursos. Neste artigo (inspirado numa publicação do iDropNews) vais conhecer as novidades no relógio intermediário da Maçã, assim como o que ele precisou de deitar fora para alcançar o preço final de 309 €.

O que o Watch SE deitou fora

Always-on Display

Uma das novidades que estrearam no ano passado com o Watch Series 5 foi o Always-on Display, que permite que o ecrã fique sempre ligado mostrando informações relevantes para o utilizador. De forma similar ao Series 3, no Watch SE é necessário levantar o pulso para que o ecrã seja ligado.

Monitorização de oxigénio no sangue

Infelizmente, uma das novidades mais interessantes do Watch Series 6 acabou por ser deitada fora no Watch SE. Possivelmente, a escolha foi feita para que a Apple pudesse alavancar as vendas do modelo mais avançado do relógio.

Wi-Fi Dual Band

No Apple Watch Series 6, os utilizadores podem optar pela conexão em redes sem fios de 5 GHz ou 2.4 GHz, porém, no modelo mais barato, o Watch SE, apenas temos a possibilidade de conectar em Wi-Fi de 2.4 GHz. Pelo menos temos o Bluetooth 5.0 em vez do 4.2 presente no Series 3, o que já mostra uma certa evolução.

ECG

Se o ECG é um recurso importante para ti, talvez seja melhor investir na compra de um Series 4 ou Series 5, vendo que, curiosamente, a Apple optou por deitar fora este recurso no Watch SE. Por outro lado, ele conta com os mesmos sensores do Series 3, que só poderão enviar notificações sobre ritmo cardíaco lento, acelerado e irregular.

Novas cores

No Watch Series 6 a Apple introduziu as novas cores, o azul e o vermelho (PRODUCT) RED. Porém, estas não foram disponibilizadas para o Watch SE, que continua a oferecer as mesmas cores já disponíveis no Series 3, com a exceção da adição do dourado.

Chip U1 Ultrawide band

Um dos grandes destaques do Watch Series 6 ficou por conta do chip U1 Ultrawide band, uma novidade que, infelizmente, não chegou ao Watch SE. Ele pode ser utilizado numa infinidade de cenários, auxiliando na experiência de navegação quando a buscar as vindouras AirTags na aplicação Encontrar.

O que ele traz

Detecção de Quedas e SOS

Apesar de deitar fora o ECG, algo presente no Series 4, o Watch SE embarca a mesma funcionalidade de Detecção de Queda que estreou com o relógio de 2018, permitindo, assim como no Series 6, o envio de notificações para contactos selecionados bem como chamadas para números de emergência, ambos recursos ausentes no Series 3.

Conectividade via rede móvel (apenas em versão importada)

O Watch SE vendido fora de Portugal também pode ser adquirido em versões com conectividade 4G LTE, assim como o Series 6. O melhor de tudo é que ele é capaz de entregar uma conexão via rede móvel com um preço inferior ao modelo mais avançado da Maçã.

Monitorização de ruídos

O Watch SE também inclui as mesmas habilidades de monitorização de ruído presentes no Watch Series 4, 5 e 6. Elas podem ser encontradas através da aplicação Ruído, que foi oficializada no watchOS 6 e não está presente no Watch Series 3.

Bússola e Altímetro Always-on

Apesar de deitar fora o Always-on Display, o Watch SE embarca um outro grande recurso que estreou com o Series 5, no ano passado, a bússola. E para a sorte dos futuros compradores, a Apple ainda foi generosa também ao incluir o altímetro Always-on, uma novidade que foi apresentada com o Watch Series 6.

Mesma vida útil de bateria (18 horas)

A Apple promete até 18 horas de autonomia para o Watch SE, mesma vida útil de bateria que temos no modelo mais avançado, o Watch Series 6, e também no modelo mais básico atualmente vendido pela Maçã, o Series 3.

Configurar para membro da família (Family Setup)

Assim como no Series 6, com a utilização do iOS 14 e watchOS 7 agora é possível utilizar um só iPhone para configurar diversos Apple Watch na mesma família. A novidade não é compatível com o Series 3, porém, está disponível para o Watch SE. É importante ressaltar que ela só vai funcionar com as variações do Watch SE que possuem conectividade 4G LTE (ou seja, os modelos importados).