Paulo Montenegro
Paulo Montenegro
Amante de gatos, anime e tecnologia. Entrei de cabeça no mundo da  após comprar o iPhone de primeira geração em 2007 e, desde então, ainda não encontrei a porta de saída.