Falta de espaço? Perda de dados? O pCloud é a solução!
Pedro Alves

Falta de espaço? Perda de dados? O pCloud é a solução!

Se fizermos uma pequena retrospetiva mental, ainda que curta, à nossa vida, é praticamente certo que vai surgir na nossa memória uma ocasião em que nos deparamos com o problema da falta de espaço de armazenamento em algum dos nossos equipamentos eletrónicos. Seja no smartphone, no tablet ou no computador, penso não estar muito errado ao afirmar que não deve haver quase ninguém a quem tal flagelo já não tenha passado pelas mãos.

Outro problema muito comum é a perda de dados importantes. Seja por descuido ao apagar o que não era suposto, por avaria do aparelho em si, por danos infligidos involuntariamente, ou até por roubo, todos nós já vimos ser extraviada informação valiosa, e muitas vezes sem hipótese de recuperação.

Ora, mas afinal para que serviram estes dois parágrafos tão negativistas?

Essencialmente, esta introdução teve como objetivo chamar a atenção do leitor para situações reais, as quais ninguém está livre de ver acontecer. No entanto, há felizmente uma solução, da qual vamos falar daqui para a frente: o pCloud.

O que é o pCloud?

O pCloud é, pelas palavras do próprio, o serviço de armazenamento na nuvem mais seguro da Europa. Sediada na Suiça, esta empresa guia-se por diretrizes de tratamento de dados pessoais muito rigorosas, tendo sempre como principal objetivo a segurança e a privacidade dos dados quer dos utilizadores particulares, quer dos profissionais.

Como bom serviço de armazenamento na nuvem que é, o pCloud conta com opções de armazenamento muito variadas, que estão divididas entre planos individuais, familiares, e para empresas. Sendo mais específico:

  • Os planos individuais contam com opções de pagamento mensal, anual ou vitalício, entre os 500 GB e os 10 TB - desde 4,99/mês, 59,98€/ano ou 199€ vitalício;
  • Os planos familiares são subscrições vitalícias, nas quais com apenas um único pagamento, uma única vez, ficamos com acesso a uma nuvem com 2 TB ou 10 TB de espaço de armazenamento, partilhável e configurável até 5 utilizadores -  desde 595€;
  • Os planos empresariais contemplam a escolha de subscrições mensais ou anuais, com espaço desde 1 TB por utilizador, até armazenamento ilimitado na subscrição de topo -  desde 9,99/por utilizador/mês.

Como podem ver, a variedade de soluções é muita, logo é difícil não encontrar uma que se adapte ao teu caso específico.

Como utilizar o pCloud?

São várias as ferramentas que existem à disposição para interagir com o pCloud, e administrar o conteúdo que lá quisermos armazenar. A primeira é o próprio site em si, que integra um explorador de ficheiros semelhante ao que conhecemos dos nossos computadores. Este explorador permite adicionar e apagar ficheiros, criar pastas, mover e copiar ficheiros entre as mesmas, além de partilhar algum conteúdo específico com outros utilizadores à nossa escolha, ou através da criação de um link específico para esse efeito. Através desta última possibilidade, até quem não tem conta no pCloud consegue ver dados que lá estejam armazenados.

Além do site, o pCloud disponibiliza aplicações gratuitas para todos os sistemas operativos, fixos e móveis: macOS, Windows, Linux, iOS e Android. O método de funcionamento das aplicações é semelhante ao do site, no que diz respeito à gestão de ficheiros, no entanto as apps vão mais além ao oferecerem funcionalidades extra, tais como cópias de segurança automáticas, sincronização de pastas específicas à escolha do utilizador, gestão de partilhas, opção de encriptação incorporada, entre outras.

A aplicação para macOS, por exemplo, acrescenta ainda um ícone na barra superior, através do qual podemos verificar o estado do armazenamento (ocupado e total), e, no caso do pCloud estar a efetuar algum upload ou cópia de segurança, essa informação também lá aparecerá. Além disso, através deste ícone temos acesso a atalhos para determinadas funções.

Em que medida o pCloud ajuda nos problemas referidos?

Se chegaram até aqui na leitura, certamente estarão recordados que este texto começou com a referência a dois flagelos, mais ou menos recorrentes: a carência de espaço de armazenamento, e a perda de ficheiros importantes. Ora, como já se devem ter aperecebido, quer um, quer o outro, encontram no pCloud uma solução a ter em grande conta.

Começando pelo primeiro: a falta de espaço nunca mais será uma preocupação a partir do momento em que se comece a utilizar o pCloud, pura e simplesmente porque, ao passar os dados para a nuvem, o espaço ocupado pelos mesmos no computador, tablet ou smartphone, fica livre e disponível para ser ocupado por outro conteúdo qualquer.

Quanto ao segundo, basta recorrer à opção de cópia de segurança automática, que está presente em todas as aplicações do pCloud, para nunca mais termos de nos inquietar com perder seja o que for. Ao ativar este recurso, o pCloud passa a encarregar-se de ir salvaguardando todo o nosso conteúdo automaticamente, logo se, por descuido, nos livrarmos de algo que não era suposto, basta restaurar o conteúdo em questão a partir da cópia de segurança mais recente. Simples.


O pCloud é, sem sombra de dúvida, um serviço muito completo, seguro, versátil, e que se rege por valores justos. Convidamos todos os leitores a testarem-no, já que são oferecidos até 10 GB de armazenamento, de forma completamente gratuita. Aproveitem.

Pedro Alves profile image Pedro Alves
Publicado a
Apps & Jogos Patrocinado