O teu iPhone está protegido? Eis os piores códigos para usares

O teu iPhone está protegido? Eis os piores códigos para usares

A segurança dos utilizadores é uma das grande preocupações da Apple. Mas, tu tens de cumprir a tua parte. Eis os piores códigos para usares no teu iPhone.

João Valente
∙ 3 minutos de leitura

A segurança e privacidade dos seus utilizadores sempre foi uma das grande preocupações da Apple. Nos últimos anos esse foco tem sido notório com todas as alterações de privacidade que a Apple tem implementado nos seus sistemas que têm levado várias outras empresas como o Facebook e a Google a mostrarem o seu descontentamento sobre o assunto.

Contudo, a minha segurança como utilizador de um iPhone não está 100% nas mãos da Apple e, se eu não cumprir com a minha parte, pouco importa todos os esforços da gigante de Cupertino para tentar manter-me a mim e aos meus dados seguros. O mesmo se aplica a qualquer outro utilizador Apple.

Muita gente fica iludida pelo Face ID ou Touch ID e esquecem-se que por trás dessa grande tecnologia que nos permite desbloquear o nosso iPhone com parte do nosso corpo, há sempre um código de segurança. O que acontece se alguém quiser aceder ao teu iPhone, tu não estiveres por perto e o código de desbloquei for simples demais? Ups! Adeus informações...

Antes de detalhar os códigos mais utilizados, um curiosidade: sabias que utilizando um código 4 dígitos podem ser criadas 10.000 combinações e que, aumentando para 6 dígitos o número de combinções possíveis cresce para 1 milhão?

Códigos mais comuns no iPhone

Em 2011, Daniel Amitay fez uma pesquisa para concluir quais os códigos mais utilizados pelos utilizadores de iPhone, que podes ver no gráfigo seguinte.

Quase 10 anos depois, em 2019, Tarah Wheeler, profissional de segurança, divulgou na sua conta do Twitter os códigos mais comuns entre utilizadores iPhone e Android, que podes ver na lista abaixo:

  • 1234
  • 1111
  • 0000
  • 1212
  • 7777
  • 1004
  • 2000
  • 4444
  • 2222
  • 6969
  • 9999
  • 3333
  • 5555
  • 6666
  • 1122
  • 1313
  • 8888
  • 4321
  • 2001
  • 1010

É assustador ver como em 8 anos, com tanta evolução tecnológica, a lista não mudou grande coisa e as pessoas continuam a desvalorizar a sua própria segurança.

O teu código está na lista? Então está mais que na hora de o mudares! Contudo, não te sintas mal, há muito mais pessoas na mesma situação do que tu e, se ainda ninguém entrou no teu iPhone, então ainda vais a tempo de mudar!

Como mudar o código de desbloqueio do iPhone

É muito simples alterar o código de desbloqueio do teu iPhone e, não te esqueças, mesmo tendo configurado o Face ID ou Touch ID, o código está sempre lá disponível para qualquer pessoa tentar. Para mudares o teu basta seguires estes passos:

  1. Vai a Definições;
  2. Desliza para baixo até encontrares "Face ID e Código" ou "Touch ID e Código".
  3. Coloca o teu código atual;
  4. Desliza até veres a opção "Alterar Código" e seleciona a mesma;
  5. Insere o teu código atual e, de seguida, o novo código – um conselho importante, utiliza um código com seis dígitos ou alfanumérico;
  6. Verifica o teu código novo, e pronto!

Dicas para um código forte

Algumas dicas para selecionares um código forte, para que, na eventualidade de alguém tentar aceder ao teu iPhone, ter a vida dificultada.

  • Evita utilizar datas que signifiquem algo para ti, data de nascimento, data em que começaste a namorar, data do casamento, data de nascimento do teu animal de estimação ou familiar, etc.
  • Evita números repetidos, estes facilitam o trabalho a quem tenta adivinhar;
  • Nunca uses o mesmo código que o teu cartão SIM ou qualquer outro cartão, sobretudo os de multibanco ou crédito! – as coisas podem correr muito mal se o fizeres;
  • Procura alterar o teu código regularmente – 6 em 6 meses é uma boa opção.
  • Considera utilizar um código de 6 dígitos em vez de um código de 4 dígitos ou até mesmo um código alfanumérico;
A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.