Quatro das melhores apps de e-mail para iPhone e iPad em 2022

Excelentes alternativas ao Apple Mail. Conhece as melhores aqui!
4 mins de leitura
Quatro das melhores apps de e-mail para iPhone e iPad em 2022
Publicidade
Publicidade

É certo que estamos muitíssimo habituados a usar a nossa clássica e familiar app “Mail” nos nossos dispositivos da maçã. De interface simples e totalmente transversal por entre o ecossistema Apple, certo é também que nada é perfeito, e esta app está longe de o ser. O hábito não faz, de facto, o monge.

E é por este motivo que existem inúmeras apps alternativas, cujas funcionalidades são talhadas para cada tipo de utilizador. Sim, uma app de gestão de correio electrónico já está bem longe de se resumir apenas a esse propósito. Seja porque no trabalho se utiliza o Microsoft Teams ou o Google Workspace, seja porque é simplesmente consultar o correio em plataformas online, ou por mero hábito aos “tubarões” do mercado, a realidade é que, há ainda mais opções daqueles que pensam "fora da caixa", criando apps interessantíssimas e de grande utilidade.

Como sempre, no iFeed, vamos-te dar algumas dicas relativamente às alternativas que o mercado te oferece para além da nativa Apple Mail. E vou começar pelos “tubarões”. Não é por serem gigantes que devem ser desconsiderados.

Gmail

Acedendo através do Safari ou instalando a app dedicada, esta plataforma permite-te agregar todas as tuas contas Gmail de modo extremamente fluído, de que é exemplo a busca universal, capaz de levar a cabo pesquisas que percorrem todas as tuas contas.

As etiquetas são extremamente práticas. Com uma paleta de cores de rápida perceção, a organização dos teus conteúdos por temas é fácil e confere um aspeto limpo e leve aos milhares de e-mails que tens armazenados nos teus dispositivos.

Uma grande vantagem do Gmail é o “Undo Send”. Quem nunca se arrependeu de ter premido no “Enviar” (os motivos são os de cada qual)? Com o Gmail, esta situação desagradável foi vetada ao passado.

Sabe mais sobre o Gmail aqui

Outlook

Desde logo, o Outlook funciona muito bem com contas de diferentes fornecedores em simultâneo, garantindo-te uma centralização de grande eficiência na gestão do teu dia a dia.

Por outro lado, o Outlook acumula anos de existência, o que lhe confere robustez e uma excelente interoperabilidade com o calendário, contactos e serviços de armazenamento na nuvem, também estes podendo ser fornecidos por múltiplos operadores.

O design é moderno e apelativo, tornando-o uma opção de grande viabilidade, principalmente em contextos profissionais.

Sabe mais sobre o Outlook aqui

Passemos agora para os “alternativos”. Pertencendo a uma geração que devorou o Rock dos anos 1990, a expressão “alternativo” é-me muito cara. Os Nirvana, Pearl Jam, Soundgarden e Red Hot Chili Peppers (entre muitos outros) desta vida, de um plano absolutamente secundário, totalmente desafiadores do mainstream “hiper-pop” vigente, destronaram os seus principais protagonistas, estabelecendo um novo paradigma.

Para mal dos seus pecados (e com sentimentos muito paradoxais acerca disso), tornaram-se eles próprios o novo paradigma da música mundial. E porque não pensar nesta linha para estas próximas apps de que te vou falar?

Spark

Esta app permite-te fazer seleções e agrupar os teus e-mails por tipologia. Por exemplo, se quiseres agrupar as tuas contas da eletricidade ou da água, extratos bancários ou newsletters, podes facilmente fazê-lo. Para os conservares organizados, ou melhor ainda em certos casos, para os apagares todos de uma só vez!

As notificações inteligentes são também uma enorme mais-valia. Após a devida configuração, deixas de ser bombardeado com dezenas de e-mails, porque pura e simplesmente silenciaste destinatários não registados na tua lista de contactos, separando-os, por conseguinte, daqueles que consideras prioritários.

Tens também a possibilidade de enviar respostas pré-definidas se não tiveres tempo para responder devidamente ao remetente, garantido que ele fica a par de que recebeste o e-mail.

Finalmente, o Spark permite a integração nativa de variadíssimas apps de terceiros, o que o torna ainda mais adaptável às tuas necessidades.

Sabe mais sobre o Spark aqui

SaneBox - um óptimo complemento à tua escolhida!

E por último tínhamos de sugerir esta app. Já até publicámos um artigo dedicado no iFeed, que poderás ler aqui. Gosto particularmente da sua designação, que só por si diz tudo: ela zela pela tua sanidade num oceano tumultuoso, consubstanciado naquele maldito balãozinho vermelho no canto superior direito do ícone do Mail com 10.000 mensagens por ler.

Mas atenção, a SaneBox não é uma app de email, como as que te apresentei acima. É um serviço que trabalha com elas! Um complemento a elas. Em boa verdade, empresta-lhes a inteligência de que tanto necessitam, um atributo crucial para lidar com cada dia que passa nesta sociedade da rapidez, mas de crescente opacidade (por muito que se afirme “transparente”).

Certo que é um serviço pago, mas quem não pagaria para poder ter a sua casa limpa e organizada todos os dias? Como disse acima, o bem mais fundamental que temos é a nossa sanidade.

Graças aos seus algoritmos de inteligência artificial, a SaneBox separa-te o importante do acessório (Inbox | Importante vs Not Inbox | Distrações) assegurando-te total privacidade nesta gestão diária, porque não “lê” os conteúdos das mensagens, mas apenas o remetente e o assunto.

Claro que, à semelhança de qualquer ser humano, não nasce ensinada, embora já muito faça logo no momento em que a integras na tua app de gestão de correio eletrónico (é compatível com muitas!). Tens que a acompanhar nos primeiros tempos, ensinando-a, que saiba que determinados e-mails não constituem distrações, e que devem surgir na tua Inbox normal.

Porque não experimentas? Tens 14 dias de experiência gratuita e podes aproveitar o crédito de 25$ dólares numa subscrição neste link do iFeed, sem necessidade de usar qualquer meio de pagamento para o teste, e mesmo que adiras, podes cancelar a qualquer momento.

Sabe mais sobre a SaneBox aqui

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo