Tudo o que tens de saber sobre os novos AirTags da Apple

Tudo o que tens de saber sobre os novos AirTags da Apple

O evento Spring Loaded explicou muito sobre os AirTags, mas outro tanto ficou por desvendar. Aprende aqui mais sobre a nova aposta da Apple!

Joana Cabral
∙ 6 minutos de leitura

Depois de tanta especulação e tempo à espera deste produto, os AirTags foram finalmente desvendados pela Apple. Apesar de ainda termos de esperar algum tempo antes de os podermos testar, há algumas coisas que tens que saber antes, e que foi impossível de referir tudo no evento Spring Loaded. Vamos explorá-las!

1. Os AirTags usam uma pilha de 1€

Apple AirTag
Apple AirTag

Neste produto, a Apple optou pelo lado prático de equipá-las com uma pilha CR2032, poupando-te o aborrecimento de teres de os carregar.

Espera-se que a bateria dê para cerca de um ano – mas possivelmente ainda mais. Um uso normal prende-se em reproduzires som para localização 4 vezes por dia, e um evento Precision Finding diário. Claro que quanto mais o utilizares em relação a esta média, mais depressa gastarás esta pilha.

A CR2032 é a pilha mais utilizada no planeta, e a sua substituição rondará 1€ – dependendo claro da marca que compres e local onde decidas comprar. Acaba por ser a melhor opção, gastando-te uns minutos por ano no processo total.

2. São resistentes à água (mas não à prova de)

AirTag dentro do acessório Porta-chaves em vermelho Product(RED)
AirTag dentro do acessório Porta-chaves em vermelho

Os AirTags contam com uma resistência IP67. Tal implica que são resistentes a salpicos, pó e água, sobrevivendo a mergulhos de 30 minutos até um metro de profundidade.

Não são, no entanto, à prova de água. Isto significa que não será necessariamente possível de localizar um AirTag perdido no fundo de um lago. Vale ressalvar que o iPhone tem a mesma certificação, e já houve casos de sucesso após semanas debaixo de água, por isso poderás ter sorte com um AirTag nessas condições, mas não obrigatório.

3. Um AirTag perdido irá emitir um som depois de 3 dias

AirTag com acessório azul numa mochila
AirTag numa mochila

Depois de separado do dono por um período de tempo considerável – neste caso, estimado nos 3 dias – o AirTag reproduzirá um som. É algo útil se tiveres tido um AirTag "plantado" em ti para fins nefastos.

Estes 3 dias poderão ser alterados pela Apple em si, mas para já são os estipulados. Parece o melhor balanço entre utilidade e segurança. Claro que falamos do alerta do AirTag em si: no iPhone terás uma notificação de um AirTag de terceiros a mexer-se contigo muito mais cedo.

4. Não podes usar um AirTag para localizar o teu iPhone

Aplicação Encontrar no ecrã principal do iPhone on localizar o AirTag
Aplicação Encontrar no ecrã principal do iPhone

Era bom, mas infelizmente só funciona num sentido: do iPhone para o AirTag. Uma vez que o som de alerta é só despoletado ao fim dos três dias, não ouvirás imediatamente se deixares o teu iPhone para trás também.

5. Qualquer pessoa pode identificar um AirTag encontrada

Identificação de um AirTag com o iPhone
Identificação de um AirTag com o iPhone

Se encontrares um AirTag perdido, poderás utilizar a tecnologia NFC – quer em iPhone, quer em Android, para obter mais informação e tentar levá-lo até ao seu dono. Assim, serás redirecionado para a página found.apple.com.

A informação disponível estará dependente de como o dono o tenha configurado. Pelo menos o número de série estará visível. Se o dono o tiver dado como perdido, terás alguma forma de o contactar – seja por número de telemóvel, seja por e-mail.

Por defeito, nunca será dada nenhuma informação privada. Só em Modo Perdido é que o dono terá a opção de que texto partilhar, e, mesmo aí, é este que decide quanto partilhar.

O AirTag em si, por não ter Wi-Fi ou dados móveis, pode não ter a informação que está perdida. Tal passará para esta quando em contacto com um dispositivo Apple, mas infelizmente, não com um dispositivo Android. Ou seja, infelizmente, neste momento, um utilizador Android que a descubra pode não ver a informação relativa ao AirTag em Modo Perdido para agilizar a sua devolução ao dono.

6. Saberás se tens um AirTag a mover-se contigo

AirTag detetado na aplicação Encontrar
AirTag detetado na aplicação Encontrar

Sim, o AirTag não dará alarme por três dias, mas mal o teu iPhone detete atividade suspeita, tu saberás através de uma notificação.

Para impedir confusão, a notificação é emitida quando o dono não está por perto e está a movimentar-se contigo. Não vais ter notificações aleatórias em transportes públicos ou de algum perdida na zona onde estejas a passar.

Se receberes o alerta, e não a conseguires encontrar nos teus itens, poderás reproduzir pela tua aplicação Encontrar um som no AirTag suspeito, permitindo-te localizá-lo. Podes tentar clicar em "Saber mais sobre este AirTag" para ver mais informação.

7. Podes desligar alertas de segurança para AirTags de confiança

Encontrar items na aplicação Encontrar no iPhone
Encontrar items na aplicação Encontrar no iPhone

Imagina que tens as chaves de um amigo, e não queres receber sempre o alerta de segurança a avisar que estás a viajar com um AirTag desconhecido. Podes optar por "Pausar os Alertas de Segurança", que, por defeito, serão desativados durante um dia. Poderás optar por desativar indefinidamente, se é um item de alguém da tua família, cujo objeto esteja no grupo de Partilha Familiar Apple.

8. Consegues desativar o AirTag de algum stalker

AirTag como porta-chaves
AirTag como porta-chaves

Se receberes a notificação que há um AirTag a mover-se contigo, e não sabes de onde veio, a aplicação Encontrar permirtir-te-á desativar este. A sua localização parará automaticamente de ser partilhada, se bem que, ainda não sabemos bem o que mais acontece a esse AirTag. Poderias optar por o deitar fora, mas mantê-la pode ser uma ótima evidência se precisares de envolver a Justiça num caso sério de perseguição – algo sugerido pela própria Apple.

Isto sugere que, com o envolvimento de procedimentos legais, nestas situações, poderá haver uma identificação do dono original, se assim for requisitado.

9. Não funcionam como anti-roubo

AirTag encontrado depois de perdido
AirTag encontrado depois de perdido

Não foi assim que os AirTags foram promovidos, porque, efetivamente, não o são.

Apesar da tecnologia, é demasiado fácil destruir um – ou simplesmente, digamos, tirar-lhe a bateria. À medida que os AirTags se popularizem, um ladrão saberá perfeitamente onde procurar por um, e até desativá-lo com o seu iPhone, se possuir um.

Claramente – e com razão – a Apple focou-se na segurança individual de informação do que recuperar itens roubados.

10. Há aleatorização de ID para que não te consigam identificar pela localização de um AirTag

AirTags e acessórios
AirTags e acessórios

Parece confuso, mas do ponto de vista de segurança – e do respeito que a Apple tem pelos seus clientes relativamente a esta – faz bastante sentido.

O Bluetooth dos AirTags tem que emitir um ID para permitir que os outros dispositivos a encontrem. Este ID não tem informação pessoal, mas, se estiveres regularmente no mesmo local, rodeado das mesmas pessoas, poderá ser fácil de atribuir o dono por exclusão de partes e associação, e aproveitar para tentar localizar este.

A Apple contornou este problema aleatorizando regularmente o ID Bluetooth dos AirTags, e mantendo o acesso destas à tua aplicação Encontrar. Assim dito, parece simples, mas poderá ser outro fator que levou tempo à empresa da Maçã para aperfeiçoar e garantir a segurança a que sempre nos tem habituado.

11. Funcionam com VoiceOver

Sistema de localização dos AirTags
Sistema de localização dos AirTags

Como qualquer outro dispositivo Apple, os AirTags contam também com funções de acessibilidade. A função Precision Finding poderá ser usada com VoiceOver.

Assim, alguém com dificuldades visuais poderá ouvir antes a direção "O AirTag está a 9 pés à tua esquerda"

12. Não podes fazer combinações de emojis impróprias nos AirTags

AirTag personalizada com Emojis
AirTag personalizada com Emojis

Apesar de algumas pessoas sentirem atração por combinações de emojis mais sugestivas, a Apple acabou por censurar algumas destas

Tens a possibilidade de adicionar ou 4 caracteres, ou 3 emojis na tua AirTag, mas cuidado com o teu sentido de humor, especialmente a tentar utilizar os emojis mostrados na imagem acima.

Já conhecias todas estas curiosidades sobre os novíssimos AirTags? Alguma extra que queiras partilhar? Utiliza a secção dos comentários para partilhar tudo connosco!

Outros artigos que podes considerar interessantes:

AirTag – Mais um fio da teia do ecossistema

Imagem em destaque de tom's guide

A tua subscrição no iFeed foi efetuada com sucesso.
Bem-vindo de volta! Iniciaste sessão com sucesso.
Perfeito! O teu registo foi concluído com sucesso.
O teu link expirou
Parabéns! Verifica o teu e-mail e utiliza o link para iniciar sessão.