• Home
  • Dicas
  • VPN vs Antivírus: quais as diferenças?
VPN vs Antivírus: quais as diferenças?
Redação

VPN vs Antivírus: quais as diferenças?

Há um aumento constante das ciberameaças e a diversificação de VPNs e antivírus é uma forma de enfrentar um cenário cibernético cada vez mais desafiador. Elas são ferramentas que oferecem soluções de segurança e, como resultado, podem acabar sobrepondo e muitas pessoas podem até confundir-se entre elas. Neste artigo vamos analisar melhor as diferenças entre software VPN e os antivírus.

Apesar de algumas semelhanças, VPN e antivírus são tipos diferentes de software. Então, vamos dar uma olhadela nas principais distinções entre as duas coisas.

Antivírus é um tipo de software que protege o dispositivo dos utilizadores. Este tipo de software monitoriza o computador (ou smartphone, tablet, entre outros tipos de dispositivos) e faz uma procura (scan) de ameaças.

Por outro lado, uma VPN é um sistema com foco primário na proteção do tráfego de dados numa conexão, criptografando as informações que entram e saem do teu dispositivo.

Se tens dúvidas sobre qual destas ferramentas deves usar, então vale a pena considerar outros aspectos. Comecemos pelo antivírus.

O que é um antivírus?

Antivírus é um software de monitoramento e proteção contra ameaças cibernéticas. O principal objetivo de um antivírus é reforçar a segurança de um dispositivo. O software antivírus primeiro tenta identificar e bloquear qualquer malware ou vírus e impedir que ele se instale no teu computador, smartphone ou laptop.

As opções mais robustas disponíveis no mercado conseguem detectar todos os tipos de malware: trojans, keyloggers, cryptohackers, adware e outros. O programa antivírus faz uma pesquisa para verificar se há malware no teu dispositivo, impedindo que o malware (um software destrutivo) se instale no teu dispositivo e o corrompa, destruindo arquivos e até hardware.

Isto é possível graças à reunião de informações sobre ameaças globais e a atualização de um banco de dados de vírus, o que permite a melhor defesa dos teus equipamentos. Só que, para isto, é essencial manteres o antivírus constantemente atualizado.

Antivírus também são necessários caso o teu dispositivo já tenha sido infectado. Com ele, podes fazer uma limpeza, identificar e remover as ameaças.

Quais os benefícios de um antivírus?

Antivírus são muito importantes para agir como uma camada de defesa. Eles são parte da ‘’linha de frente’’ contra arquivos e links maliciosos e, de certa forma, até permitem que cometas alguns erros: se clicares num link malicioso por acidente, por exemplo, o antivírus pode reconhecer a ameaça e removê-la.

Há vários benefícios que um antivírus pode oferecer-te, e os principais são:

  • Funcionam em segundo plano (background) e não te incomodam. Programas antivírus são extremamente fáceis de manter porque operam praticamente tudo em segundo plano, sem consumir muito do dispositivo e sem prejudicar o desempenho de outros programas.
  • Antivírus também possuem modo sandbox. Este modo serve para que possas usar um espaço virtual seguro para abrir arquivos suspeitos sem o risco de infectares ou danificares o teu dispositivo, oferecendo proteção contra software malicioso.

Quais as desvantagens de um antivírus?

Antivírus não possuem muitas desvantagens (se levarmos em conta opções confiáveis e sérias no mercado, é claro). Só que usar um antivírus grátis pode ter os seus riscos, já que as empresas que os desenvolvem podem tentar algumas formas não muito agradáveis de monetizar e ganhar com eles.

Por exemplo: muitos antivírus gratuitos são conhecidos por coletar informações de histórico de navegação dos utilizadores, vendendo-os a terceiros com finalidades de publicidade. Então, se quiseres escolher um antivírus, é mais recomendável procurar por uma opção premium.

O que é uma VPN?

VPN (sigla para Virtual Private Network, ou rede virtual privada) é um software que protege os utilizadores contra ameaças cibernéticas. Mas, diferente de um antivírus, ele criptografa o tráfego da conexão dos utilizadores, redirecionando-o por meio de um servidor VPN remoto.

Desta forma, os endereços de IP dos utilizadores, a localização virtual deles e outros dados privados e sigilosos são mantidos em privacidade. Isto ajuda a proteger informações e atividades online contra hackers, criminosos e até mesmo provedores de internet.

A VPN também funciona em segundo plano (background), mas geralmente é mais fácil de configurar, suspender ou desativar do que os antivírus tradicionais, o que faz com que elas sejam ferramentas mais fáceis de gerenciar e mais versáteis.

Quais os benefícios de uma VPN?

Enquanto os antivírus podem ser entendidos como métodos passivos de proteção, as VPNs são o oposto, oferecendo uma segurança mais ativa. Elas oferecem várias vantagens, e os principais benefícios de uma VPN são:

  • Criptografia do teu tráfego de dados: os teus dados ficam protegidos graças à criptografia da tua rede. A NordVPN, por exemplo, usa criptografia do tipo AES-256 para sua conexão VPN. Além disto, oferece proteção contra fugas de DNS, garantindo que os teus dados fiquem protegidos o tempo todo.
  • Alteração da tua localização virtual: uma rede virtual privada permite aceder a websites que não estão disponíveis na tua localização. Isto é possível graças a vários servidores virtuais em diversos países, o que permite alterar facilmente a localização da tua conexão – podes aceder às tuas redes sociais ao viajar para a China, por exemplo.
  • Privacidade aprimorada: com uma VPN, podes proteger o teu histórico de navegação do teu provedor de internet e manter os teus dados protegidos contra anunciantes.
  • Recursos adicionais: uma VPN profissional como a NordVPN conta com uma variedade de recursos adicionais de segurança que vão além da criptografia dos dados – como a o recurso de Proteção contra Ameaças da NordVPN.
  • Proteção para vários dispositivos: as opções de VPN premium possibilitam a proteção da tua conexão abrangendo vários dispositivos, o que permite acederes até mesmo redes públicas de Wi-Fi com segurança. Por exemplo: uma única conta da NordVPN permite proteger até 6 dispositivos simultaneamente.

Quais as desvantagens de uma VPN?

VPNs são ferramentas extremamente confiáveis e funcionais. Mas, assim como com os antivírus, o cuidado deve ser em relação às supostas opções gratuitas.

Elas oferecem serviços instáveis e contam com recursos limitados com comparação com as opções profissionais, como a NordVPN.

Além disso, os teus dados podem não ser totalmente protegidos por elas. Outro ponto negativo é que estas opções ‘’gratuitas’’ podem prejudicar a velocidade da tua conexão.

Quais as diferenças entre uma VPN e um antivírus?

Apesar das semelhanças, há vários pontos de diferença entre uma VPN e um antivírus. E vale ressaltar que há diferenças entre uma VPN e outra, e o mesmo se aplica também aos antivírus: os recursos, funcionalidades e ferramentas dependem muito da opção que escolheres. Algumas oferecem apenas o básico (ou menos que isto), enquanto outras contam com ferramentas adicionais.

Entre as diferenças que nós podemos listar, estas são as principais:

  • Antivírus oferecem firewalls avançados como um recurso essencial. Algumas opções de VPN também podem incluir um firewall, mas os antivírus precisam desta ferramenta para funcionar adequadamente;
  • Programas VPN oferecem a possibilidade do utilizador alterar o endereço de IP selecionando um servidor virtual numa lista de servidores disponibilizados – antivírus não contam com esta possibilidade;
  • Software VPN oferece criptografia para a conexão do utilizador, protegendo-a como um todo, enquanto programas antivírus não fazem isto: eles realizam varreduras periódicas no dispositivo para procurar por ameaças;
  • Antivírus contam com ferramentas de controlo parental para ajudar a controlar e monitorar o conteúdo acedido por crianças;
  • Os programas antivírus têm como objetivo principal oferecer o máximo de segurança e proteção ao dispositivo, e as VPNs são criadas com a missão de garantir o máximo de privacidade online para os utilizadores;
  • VPNs garantem mais segurança para que os utilizadores acedam a redes públicas de Wi-Fi;
  • Antivírus precisam de atualização constante para manter os bancos de dados em dia e conseguir oferecer proteção de modo mais eficiente.

Escolhendo entre uma VPN e um Antivírus

Quando falamos de VPN versus antivírus, a escolha pode ser difícil. Então, para facilitar as coisas, fizemos uma tabela comparativa mostrando quais recursos e vantagens que cada uma possui:

Tipo de proteçãoMelhor ferramenta para usar
Navegar na internet com privacidadeVPN
Deteção e remoção de malwareAntivírus
Conexão segura com redes públicas de Wi-FiVPN
Criptografia dos teus dados na internetVPN
Ignorar a censura onlineVPN
Notificações sobre atividades maliciosas no teu dispositivoAntivírus
Proteção de dispositivos removíveisAntivírus
Ocultar o teu endereço IPVPN
Verificação de saúdeAntivírus

VPN ou antivírus? Qual escolher?

Afinal, qual é o melhor: um antivírus ou uma VPN? Na verdade, a resposta para esta pergunta depende muito do tipo de proteção que precisas. No geral, é extremamente recomendável contar com as duas, ou seja, ter um bom antivírus e uma VPN profissional atuando em conjunto.

A NordVPN, por exemplo, oferece várias funcionalidades de um antivírus (graças ao recurso de Proteção contra Ameaças) – mas isto não se aplica a todas as opções de VPN disponíveis no mercado. Então, manter o uso de um bom antivírus é uma ótima ideia.

Redação profile image Redação
Publicado a
Dicas