Apple expande o serviço de auto-reparação aos computadores Mac

Para já, só nos EUA. Tal como aconteceu com o serviço de auto-reparação do iPhone em abril.
1 min de leitura
Apple expande o serviço de auto-reparação aos computadores Mac
Publicidade
Publicidade

Já te tínhamos aqui informado no passado mês de abril, que a Apple disponibilizou um serviço de auto-reparação para o iPhone. Hoje, para quem tem um MacBook Air ou Pro com SoC M1, passará também a poder ter acesso aos manuais de reparação, peças e ferramentas genuínas da marca, através da Self Service Repair Store.

Tal como te explicamos nesta notícia sobre o iPhone, deverás aceder a este website e consultar o manual de reparação. Com base nos problemas apresentados pela máquina, poderás depois encomendar as peças e alugar um kit de ferramentas por 49 dólares (sim, nos tempos que correm, será pouco mais do que €49 porque o Euro já foi ultrapassado pelo Dólar), que te será entregue sem custos pelo período de uma semana.

Only in America...

Mas este é um cenário americano, no qual a Apple afirma que quase duplicou o número de locais de serviço, detendo atualmente uma rede de 5.000 prestadores de serviços autorizados, com mais de 100.000 técnicos ativos, significando que, 8 em cada 10 clientes Apple terão acesso a serviços de reparação a 20 minutos da sua casa.

Porém, o que te podemos avançar é que a Apple vai começar a expandir este serviço, quer para iPhone, quer para os Mac para a Europa a partir do final deste ano. Mas será que o nosso pequeno país à beira-mar plantado está contemplado?

Sim, a pergunta é pertinente porque, oficialmente, os Portugueses não deviam saber, ou sequer poder comprar um HomePod Mini ou acessórios para a casa porque a Apple não os tem no nosso website nacional. É que Espanha é um país distante, e saberá com toda a certeza apreciar melhor aquelas colunas do tamanho de uma laranja e as luzinhas inteligentes...

O que nos vale é termos excelentes serviços de reparação Apple no nosso país, caso contrário, as Câmaras Municipais deveriam considerar em instalar um "Mac-ão" ao lado dos vidrões nos pontos de reciclagem dos nossos bairros.

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo