watchOS 9: já conheces estas 7 novidades do software da Apple?

O watchOS 9 trouxe várias novidades para os utilizadores de Apple Watch. Lê aqui sobre as 7 mais interessantes.
5 mins de leitura
watchOS 9: já conheces estas 7 novidades do software da Apple?
Publicidade
Publicidade

Quando quis conhecer as novidades do watchOS 9, e mais recentemente, acerca do modo como elas atuam nos novos (e outros compatíveis) modelos do Apple Watch, voltei a notar que as prioridades da Apple são sempre as mesmas: saúde, saúde, saúde.

Bem sei que este é o sales pitch mais atrativo para os milhões de consumidores que aderiram ao “mundo do saudável”. Que adoram ter leituras constantes dos seus níveis de oxigenação do sangue, eletrocardiogramas on-demand e até das mudanças de temperatura corporal. Saber-se quantos passos se deu, que recordes pessoais estão por ultrapassar, quando levantar, quando beber água, quando tomar comprimidos...

Eu adoro estas características, mas confesso que não as consigo utilizar todas. É pouco saudável para a minha mente estar constantemente a ser monitorizado.

Mas não interpretem esta minha perspetiva como uma crítica. Acho muito bem que tudo isto exista. Mas o Apple Watch é muito mais. Ter no pulso um detetor de quedas/acidentes, uma forma discreta de ler mensagens ou de saber que o telefone está a tocar... bom: ter, em boa verdade, um telefone no pulso que dispensa o próprio iPhone!

E é por isso que vos trago 7 funcionalidades muito interessantes do novo watchOS 9 que tens que conhecer.

1. Modo de baixo consumo

Fonte: Apple
Fonte: Apple

Já não era sem tempo estender esta funcionalidade para o watchOS. Bem precisava. É certo que os Apple Watch SE 2 e o Series 8 têm 18 horas de autonomia. Já para não falar das 36 horas do Ultra. Mas é tudo muito bonito no papel. O facto é que esta autonomia varia de acordo com o utilizador.

Se, por exemplo, quiseres monitorizar o teu sono, terás que ter o Apple Watch no pulso durante toda a noite, e colocá-lo em carregamento rápido enquanto te arranjas antes de sair de casa de manhã.

Mas graças ao modo de baixo consumo, a mesma carga irá durar muito mais tempo. É certo que ficarás sem o Ecrã Sempre Ligado e as medições regulares da tua frequência cardíaca e de oxigenação do sangue. A rede móvel também fica desativada, funcionando apenas quando necessário. Mas que esta adição é de extrema utilidade, lá isso é.

2. Dock melhorada

Fonte: Wearable

Prime no Botão Lateral uma vez e abre-se a Dock do Apple Watch. Agora muito mais fácil de utilizar, até porque te destacará as apps que estão ativas em cada momento. Este melhoramento permitir-te-á aceder a essas apps muito mais rapidamente.

3. Bússola redesenhada

Fonte: Apple

Agora muito mais completa, podes criar pontos de passagem e de interesse, e obter orientações para reconstituir os teus passos, através da opção “Retrocesso”. Estes pontos permitem-te saber a que distância estás desses locais em qualquer lado e qual o melhor trajeto para lá chegares.

A vista híbrida (combinando um aspeto analógico com digital) permite-te consultar a informação de um modo mais claro, bem como, através da Coroa Digital, aceder a outros dados, designadamente altitude, longitude, elevação, e inclinação. Se já era boa, agora está mesmo muito melhor. Assim, nunca mais te perdes.

4. Projeção do Apple Watch

Fonte: Apple

Há também várias novidades no que concerne à Acessibilidade. Embora estas capacidades dos sistemas operativos da Apple sejam dirigidas para utilizadores com limitações físicas e motoras, a sua utilidade e eficiência estendem-se a todos.

Esta nova funcionalidade de projeção permite-te controlar o teu Apple Watch a partir do iPhone. Segundo a Apple, podes utilizar o controlo por voz e o controlo de manípulos, e usar entradas, incluindo comandos de voz, ações de som, seguimento da cabeça ou manípulos externos Made for iPhone, enquanto alternativas a teres que tocar no ecrã do Apple Watch

5. Ações rápidas

Fonte: Apple

Ainda, no que se relaciona com Acessibilidade, a empresa da maçã adicionou uma nova acção rápida: um simples gesto de dois dedos pode responder ou concluir uma chamada telefónica, rejeitar uma notificação, tirar uma fotografia, reproduzir/pausar música, e começar, pausar, ou retomar um treino.

6. Novos idiomas no teclado

Fonte: Notícias do Brasil

Mais espaço no ecrã traduz-se na incorporação de um teclado QWERTY. Desde o Apple Watch Series 7 que tal proeza se tornou possível. Bom ou mau, o motor de previsão sugere-te frases e palavras à medida que digitas. Nesta versão do watchOS 9 foram adicionados os idiomas de teclado português, para além do espanhol, francês, alemão, italiano e japonês.

7. Desenvolvimento das funcionalidades na configuração da Família

A configuração familiar viabiliza a utilização de um Apple Watch por qualquer membro da família sem utilização de iPhone, contanto que o smartwatch tenha capacidade de ligação à rede movel.

Desde consultar e-mails, ouvir podcasts, as possibilidades são cada vez mais extensas. No final de 2022, está previsto o acesso à app Casa para que os membros da família (incluindo as crianças) possam controlar os acessórios HomeKit e os HomePods.

Cada vez mais, e melhor

Não há dúvida que o Apple Watch foi uma aposta ganha. A Steve Jobs devemos o maravilhoso iPhone. A Tim Cook este portentoso computador de pulso. A experiência simbiótica ao utilizar a combinação iPhone / Apple Watch / AirPods não poderia ser mais satisfatória. Já para não falar deste combo com os restantes produtos que formam o ecossistema Apple.

E, tal como já é tradicional nesta empresa, todo e qualquer produto só é lançado no momento em que a equipa sabe que irá criar uma disrupção positiva no mercado. E partir daí é só melhorar. Auscultam-se as necessidades dos consumidores, mas criam-se igualmente novas rotinas diárias, que antes nem se pensava que pudessem existir. Mas sem as quais já nem se sabe muito bem como atuar.

Assim funciona o mercado. Mas ainda assim, que prazer é utilizar estes produtos. Já conhecias estas novidades do watchOS 9?

Publicidade
Publicidade
Partilhar artigo